Sentimentos...
“Quero você, aqui, bem perto. Quero teu corpo junto ao meu. Quero o aconchego dos teus braços. Quero deitar com você na cama e ficar de conchinha. Bem grudadinhos; agarradinhos. Quero te encher de beijos. E mordidas. Quero o som da nossa risada misturada. Quero tua voz dizendo que me ama, não importa se baixinho ou gritando aos quatro cantos. Quero até o teu silêncio. Quero dormir no seu abraço, sentindo seu cheiro. Quero te fazer um cafuné, um carinho. Quero teu olhar no meu. Quero teu sorriso refletindo o meu. Quero te contemplar. Te completar. E quero que seja sempre assim: eu por você, você por mim.”


“Um dia me falaram que se você precisa de algo ou pede conselhos a alguém, no final a única coisa que vão te dizer é “vai dar tudo certo”. Acredita que é assim com todo mundo. Mas você só precisa de alguém que te faça se sentir seguro, confiante disso.”
Fernanda Gomes.  (via nostalfobia)

“E é assim que a gente vai vivendo, sabe? Errando pra aprender. Se decepcionando pra se proteger. Se machucando pra crescer. Chorando pra sorrir. A gente cai uma vez, pra aprender a se levantar em outra. No fim, tudo que for bom, verdadeiro, tudo o que realmente nos fizer bem, permanece.”
Tati Bernardi.  (via praticar)

“Talvez seja eterno, mas não dure tanto.”
Pedro Bial (via praticar)


“Nós nunca estamos preparados para um tombo, mesmo sabendo que a vida é repleta de buracos e de altos e baixos, nós nunca estivemos e nunca estaremos preparados para algo que nos machuque internamente e externamente. Nós não temos uma boa estrutura emocional e nos apoiamos em amores, em amizades, em carinhos, que, futuramente, nos farão ter uma queda brusca e inesperada. Nós nunca estivemos preparados para a vida, esta é a verdade. Nós nunca estivemos preparados para os sofrimentos e surpresas que a vida nos reserva. O sofrimento é um apoio para quem não tem uma estrutura emocional, e olhe só, todos nós nos apoiamos em nossos sofrimentos e fazemos deles morada, aconchego. Nós nunca fomos tão frágeis quanto somos agora, neste mundo repleto de dores e falsos amores. Acabamos por nos apoiar em amores passageiros, em sofrimentos rotineiros e nos esquecemos que não é a vida que nos cobra o mais importante; o saber viver. Nos esquecemos que fora de nossos mundos obscuros existem muito mais aventuras, risos e sorrisos, amores e desamores, que nos fazem viver, sobreviver, respirar e, vez ou outra, morrer. Nós nos prendemos ao caos e a desordem, e acabamos por esquecer de sorrir, respirar, viver. Nós nos esquecemos que existem bilhões de pessoas e que cada uma delas pode estar passando pelo seu inferno particular. Nos esquecemos que o mundo não gira apenas para e entorno de nós. Por isso, esquece o teu caos e o teu inferno, jogue suas máscaras fora e limpe a sua face dos sofrimentos que lhe foram dados e lembre-se que viver é muito mais que apenas respirar.”
Trovador. (via praticar)

“Eu me sinto muito confortável quando estou com você. É surpreendente, porque geralmente eu não me sinto confortável perto de… Bom, ninguém.”
The Big Bang Theory.  (via praticar)



THEME